• Alerta de viagem: Covid-19

    Atualizado em: 19/03/2021

    Barreiras Sanitárias

    Sem barreiras

    Funcionamento dos estabelecimentos

    Quantidade

    Hospedagem

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Alimentacão

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Parques

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Atrativos Naturais

    Maioria ou todos funcionam normalmente

    Atrativos Culturais

    Maioria ou todos funcionando parcialmente (isto é, se está funcionando com capacidade reduzida, dias/horários reduzidos)

    Carga Horária

    Hospedagem

    Funcionando normalmente, como antes da pandemia

    Alimentacão

    Funcionando com restrições de horário, mas não de dias da semana

    Parques

    Funcionando com restrições de horário, mas não de dias da semana

    Atrativos Naturais

    Funcionando com restrições de horário, mas não de dias da semana

    Atrativos Culturais

    Não se aplica (estão fechados)

Foto: Acervo Setur-MG / Sérgio Mourão -  Dió Freitas

Governador Valadares hoje é polo comercial, educacional e de saúde no leste de Minas. Pela sua natureza diversificada e privilegiada, tornou-se um roteiro ideal para os amantes do Turismo de Aventura e do Ecoturismo. Rios, corredeiras, cachoeiras e muitas serras ilustram o ambiente ideal para a prática de esportes como caiaquismo, boiacross, surfe de corredeira, escalada, rapel, mountain bike e treeking, com destaque maior para os saltos de voo livre no Pico da Ibituruna.

As noites movimentadas, a boa gastronomia, as avenidas largas, as ruas arborizadas e as diversas praças completam o cenário hospitaleiro e de afabilidade da população valadarense.

Governador Valadares é, sem dúvida, um lugar ideal para contemplar os horizontes de Minas margeados pelo Rio Doce. Do alto, perante uma visão magnífica da cidade, encante-se com o Pico da Ibituruna, imponente e emoldurada pela bela natureza da região, com 1.123 metros de altitude, onde se pratica o voo livre. Por causa do Ibituruna, Governador Valadares ficou conhecida como “Capital Mundial do Voo Livre”.


Dica de viagem:

Outro local para a prática de rapel e trekking é a Pedreira do Rapel. Ideal para iniciantes, a pedreira desativada tem cerca de 50 metros, com inclinação de 45 graus. O bairro Ilha dos Araújos oferece diversas opções para o turista. O Calçadão da Ilha é o ponto mais visitado, sendo um espaço para passeios de bicicleta e caminhadas.

O bairro também é ponto de encontro dos praticantes da canoagem, jet ski, stand up,  a pesca esportiva e surfe de corredeiras (esporte pioneiro no Brasil em meados de 1988)

Ver mais