Turismo em Minas Gerais | Carapiá Com Costelinha de Porco

Foto por: Tuquinha
Atualizado em: 22/10/2021

Carapiá Com Costelinha de Porco 

 

Conheça um pouco sobre o carapiá, uma planta alimentícia não convencional que fica uma delícia preparada com costelinha. 


A cozinha mineira é um dos elementos que mais caminha entre a modernidade e a tradição, representando o passar dos anos, ajudando a contar histórias do estado e o momento em que estamos vivendo. A receita do dia, um delicioso Carapiá com Costelinha de Porco, além de representar sabor, retoma o que já conversamos há algumas vezes, sobre as PANC, plantas alimentícias não convencionais. 


Plantas Alimentícias Não Convencionais


As PANC como são conhecidas, são assim chamadas por não serem incluídas rotineiramente na alimentação. Porém, na cozinha mineira elas compõem um grupo específico e especial, que conferem sabor e autenticidade às receitas. 


Dentre as PANC mais comuns em receitas mineiras, temos a Taioba, o Jenipapo, o Hibisco que é comumente usado para chás a cúrcuma entre outros tantos, como o Carapiá, que é um tipo de leguminosa muito conhecido na comunidade quilombola da Chacrinha no município de Belo Vale, que é de onde vem a receita do dia. 


Herança e Preservação


Os quilombos nasceram como forma de resistência e hoje representam também toda a herança cultural e lutam pela preservação da cultura e história afro-mineira. Ensinando e compartilhando modos de vida, cultura e ensinamentos que vão muito além do que se pode ver a olho nu. 

Uma dessas contribuições, está representada diretamente pela receita do dia, que eu tenho certeza já desperta o interesse e curiosidade por aí. Então sem mais enrolação, vamos conferir as dicas e aproveitar a receita da Dona Tuquinha, uma das grandes cozinheiras da região e um dos tesouros da comunidade Quilombola da Chacrinha

 

Carapiá com Costelinha de Porco


Ingredientes

1 kg de Carapiá
1 Kg de costelinha de porco.
04 dentes de alho grande.
sal (a gosto)
pimenta calabresa (a gosto).
02 colheres de sopa de óleo de soja.
Cheiro verde


Modo de Preparo

1. Corte o carapiá em rodelinhas e fervente por cerca de 30 minutos. após ferventado, escorra a água e reserve.
2. Em uma panela, refogue no óleo o alho e   em seguida refogue a costelinha e vai colocando o sal e a pimenta calabresa, em seguida acrescente  água aos poucos para que a costela cozinhe e doure.
3. Após a costelinha estar dourada e cozida, acrescente o carapiá, cheiro verde e misture.
(Rende 10 porções)

E aí, gostou da receita? Conheça um pouco mais sobre as PANC e descubra as possibilidades para fazer um pão de queijo PANC

Sobre o Autor

Luís Carneiro

Mineiro dos pés à cabeça. Marketólogo. Turismólogo em formação, que ama ver, ouvir e escrever sobre as belezuras desse Brasil.

Comentários