Turismo em Minas Gerais | Vivencie experiências inesquecíveis em São José da Barra

Foto por: Laís Rangel
Atualizado em: 12/05/2022

Vivencie experiências inesquecíveis em São José da Barra

 

Se apaixone e descubra experiências nessa cidadezinha do entorno do lago de Furnas.

 

No nosso Guia Completo do Mar de Minas mencionamos sobre São José da Barra, e as inúmeras oportunidades que podem ser aproveitadas nessa cidade.

Hoje separamos dois relatos que provam que São José da Barra é o destino ideal para você.

Viva o Mar de Minas!!

 

Mergulho na cidade submersa

 

Meu nome é Bruno, moro no Rio de Janeiro. Sou cinegrafista e instrutor de mergulho e apaixonado em viagens e em explorar locais que poucas pessoas frequentam ou nunca frequentaram.

Um dos meus Estados favoritos no Brasil é Minas Gerais! Trem booommm é ser recebido por um mineiro em sua casa! No meu caso, tenho um casal de amigos que trabalham com turismo na região do Lago de Furnas, em São José da Barra.

Um certo dia passamos de barco em uma região do lago e o meu amigo disse: “Bruno, aqui tem uma cidade submersa que se chama Barra Velha, que teve que ser inundada para a criação da Usina Hidrelétrica de Furnas.”

Logo perguntei a ele o motivo de não estarmos explorando essa cidade submersa e na semana seguinte eu já retornei a São José da Barra e iniciamos os mergulhos para encontrar essa história que está repousando no fundo do Lago de Furnas.

Mergulhar nessa cidade é um dos melhores mergulhos do Brasil, pois é totalmente diferente de qualquer mergulho que você veja só peixinhos, corais, e etc. Em São José da Barra nós mergulhamos na história das pessoas e do nosso país.

Me programo para estar em Furnas 4 vezes ao ano. Todos devem conhecer essa cidade um dia.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Bruno Rodrigues (@rodrigues.bb)

 

Bruno Rodrigues - @rodrigues.bb

 

 

Voo de asa delta - uma aventura imperdível e surpreendente

 

Meu nome é Laís, moro no Rio de Janeiro e sou completamente apaixonada por viagens e por viver experiências diferentes, que sempre compartilho no meu perfil do Instagram (@laiisrangel). Curso publicidade, tenho 25 anos e trabalho com marketing.

Sempre busquei explorar destinos perto do meu estado e faz um tempo que surgiu a curiosidade de conhecer cada pedacinho de Minas Gerais, que tenho fácil acesso de carro. Dentre os lugares possíveis sempre estava como opção Capitólio, as Nascentes das Gerais e seus arredores. Já sabia que era um destino "Must Go" e resolvi passar alguns dias por lá com um grupo de amigos.

Buscamos um roteiro fora do óbvio e do habitual, sem seguir muitos roteiros pré-estabelecidos, procurando sempre por experiências inusitadas para que a viagem fosse inesquecível para todos nós. De cara encontramos uma atividade IMPERDÍVEL para quem quer conhecer o Mar de Minas: sobrevoar os cânions em uma asa delta!

Como fomos em grupo grande, resolvemos alugar um rancho super legal na beira do lago, em São José da Barra.

 

Sao Jose da Barra

Foto: Clima aconchegante no rancho em São José da Barra.

 

Essa decisão foi fundamental, pois conseguimos curtir tudo no nosso ritmo e sempre tivemos um pôr do sol surpreendente em frente da nossa casa, com várias atividades de esporte e natureza bem próximas.

No primeiro dia aproveitamos para curtir a parte do lago que era pertinho da nossa casa, na casa tinha disponível caiaques e exploramos um pouquinho do lago desse jeito. 

Mas toda a ansiedade estava guardada para o segundo dia, quando tínhamos agendado voar de asa delta! 

Morando no Rio, eu já conhecia o voo da Pedra Bonita, em São Conrado. Mas não sabia o que esperar da experiência no Lago de Furnas - decolando rebocado por uma lancha, sobrevoando a represa; e pousando na água.

É até difícil colocar em palavras tudo que você sente sobrevoando a região. Eu acreditava que viveria sensações similares à minha experiência no Rio, mas foi tudo completamente surpreendente.

Você se depara com aquela imensidão - acredite se quiser, só dá para ter noção do tamanho do lago lá do alto - e percebe que aquele lugar consegue ficar mil vezes mais mágico, com tudo pequeno lá embaixo e com a Serra da Canastra logo ali de pano de fundo! Você se emociona, sorri e deseja que aquele voo dure muito, muito tempo. 

A experiência toda é impecável. Até mesmo para os mais medrosos do grupo, a equipe de instrução sempre estava com um super alto astral e com uma vibe indescritível que acalmava qualquer um.

Ficamos muito satisfeitos com todo o suporte e atenção que tivemos. O voo duplo de instrução é mais do que um passeio; é uma primeira experiência no esporte, pois podemos ter a experiência de conhecer mais sobre a modalidade e inclusive pilotar junto com o instrutor.

Hoje, sempre que me perguntam dicas sobre o que fazer no Mar de Minas eu falo sem pensar duas vezes: você só vai conhecer de verdade se voar de asa delta sobre o Lago de Furnas!

DICA: Contratar o ‘upgrade’ Max, que incrementa o registro em vídeo e fotos do voo, você não vai perder a chance de deixar registrado cada segundo desse momento único. Tem fotos e vídeos espetaculares! Vou mostrar um pouquinho das imagens do meu voo para vocês sentirem a energia daí.

Pretendo voltar outras vezes e inclusive já estou combinando a próxima!

 

Sao José da Barra

Sao José da Barra

Fotos: Aventura inesquecível de asa delta em São José da Barra.

 

Foto: Galera toda feliz após um dia de voo.

 

Laís Rangel - @laiisrangel

 

 

 

Como mencionado por Laís, São José da Barra é uma excelente opção para quem quer conhecer o Mar de Minas por um roteiro fora do comum e inesquecível. E como disse Bruno

Em São José da Barra nós mergulhamos na história das pessoas e do nosso país.

 

 

Se você quer conhecer mais sobre nossa região do Mar de Minas visite nosso post Guia Completo do Mar de Minas.

Sobre o Autor

Laís Rangel

Curso publicidade, tenho 25 anos e trabalho com marketing. Completamente apaixonada por viagens e por viver experiências diferentes.

Bruno Rodrigues

Sou cinegrafista e instrutor de mergulho e apaixonado em viagens e em explorar locais que poucas pessoas frequentam ou nunca frequentaram.

Comentários