Turismo em Minas Gerais | Passeios por Minas Gerais: 20 dias na inesquecível Tiradentes

Foto por: Foto por @semquerermudardeassunto
Atualizado em: 10/11/2021

Passeios por Minas Gerais: 20 dias na inesquecível Tiradentes 

 

A cidade de Tiradentes, conhecida pelos casarões e gastronomia, também é poesia e encanta todos que visitam

 

Eu tive a oportunidade de passar 20 dias em Tiradentes, no verão de 2019.

 

Foto: Camila Figueiredo nas ruas da cidade de Tiradentes

 

A maior parte dos turistas curtem a cidade em apenas um fim de semana, eu tive 20 dias para apreciar as belezas dessa pequena, mas encantadora cidade histórica de Minas Gerais, meu país, meu mundo.

Não sei se alguém já disse isso: “Viagem enriquece a alma”, ou se fui eu que inventei, mas seja como for, eu acredito nessa máxima. Eu conquistei lembranças enriquecedoras em minha trip por Tiradentes.

Quero então compartilhar 20 lembranças que tornaram minha viagem inésquecível. Vamor lá?!

 

  1. Participei de uma missa na belíssima Igreja Matriz de Santo Antônio, ao som tão lindo de um órgão, um dos quinze mais importantes do mundo.

 

Foto: Igreja Matriz de Santo Antônio e o relógio de sol

 

  1.  Você já comeu maçã do amor? É bom né?! E maçã recheada de chocolate, uma delícia. Pois é, em Tiradentes você encontra um café bistrô para quem curte muito maçãs.

 

  1.  No monte em frente a Igreja São Francisco de Paula, fui presenteada com uma ventania, um vento tão maravilhoso que chamou as folhas pra dançarem e meus cabelos também. Eu amo dias assim.

 

Foto: Fachada da Igreja São Francisco de Paula

 

  1.  Como foi bom buscar um lugar tranquilo e belo para ler um livro. Esse lugar foi o Chafariz de São José, há dez anos já tinha estado lá, foi bom retornar.

 

 Foto: Chafariz de São José, construído no ano de 1749

 

  1.  Que delícia foi poder entrar na livraria, encontrar bons livros e curtir a nossa boa MPB. Me lembro do que estava tocando “Me faz pequena, asa morena, me alivia a dor...”

 

  1. Ah, a arte é necessária à vida, e encontrei em minhas andanças por Tiradentes, galerias de arte, artistas mineiros super talentosos. Com certeza isso tornou meus dias lá muito mais prazerosos.

 

  1.  A fé e o apreço pela religião nas terras mineiras é tão lindo, e mais tocante ainda quando se encontra com a arte. Dessa forma descrevo o Museu de Sant’Ana. A arte e a fé em Minas, que força!

 

Foto: Sacada do museu que reune aproximadamente 300 imagens brasileiras da mãe de Maria, Sant’Ana

 

  1.  Como foi bom numa quinta-feira, a cidade com o movimento mais tranquilo, sentar num meio-fio, ler um livro e ao mesmo tempo deixar meus olhos acompanharem o ritmo da cidade.

 

  1.  Eu gosto muito de coisas velhas, antigas, e encontrei em Tiradentes alguns belos antiquários. Enquanto subia as escadas, os degraus até rangiam de tão velhos… e belos.

 

  1.  E por onde quer que eu fosse, ela sempre estava lá, tão formosa e majestosa, a Serra São José. Como um guia, como um lembrete, de como Tiradentes é bela.

 

  1.  Me lembro do cortejo, das danças, da euforia, do Congado, da bateria, da alegria, da gente mineira enfeitando as ruas, por causa do Festival de Cinema de Tiradentes.

 

  1.  Um belo garçom francês me fez voltar três vezes no mesmo restaurante. Mas no terceiro dia ele estava de folga, rsrsrs.

 

  1.  Um dia tive que parar minha caminhada só pra poder apreciar a música “Um dia triste, um bom lugar pra ler um livro”… momentos serendipity em Tiradentes.

 

  1.  Mais uma vez, falo da beleza da fé, porque cada bela igreja, cada ressoar do sino, o Museu da Liturgia, tudo evoca a fé do povo mineiro.

 

  1.  Entre indas e vindas, eu encontrava sempre aquele riacho que percorre o centro histórico de Tiradentes. Águas vivas, águas que guardam histórias.

 

        16. E é ali no Largo das Forras, na praça principal de Tiradentes, que se contempla a vivacidade da cidade. O lugar dos encontros, dos bate-papos, das charretes, do pipoqueiro… dos mineiros.

 

         17. Tiradentes e sua bela gastronomia. Do restaurante próximo ao chafariz de São José procurado por turistas não mineiros, que desejam experimentar nossa gastronomia maravilhosa, aquele café que sempre estava no meu caminho, e me fez apreciar delícias da cozinha mineira. 

 

      18. No meio do caminho. No meio do caminho, indo de Tiradentes para São João del-Rei. No meio do caminho havia uma cachoeira, havia um rio. E no meio do  caminho eu me refresquei naquelas águas, naquele verão.

 

Foto: Cachoeira do Mangue, localizada na Serra de São José

 

     19. O charme e as cores dos casarões coloniais, das casas antigas, sempre me perseguiu naqueles dias.

 

 Foto: Ruas charmosas da cidade de Tiradentes

 

     20.  Eu tive dias abençoados nesta bela cidade. Dias coroados com chuva, sol, vento, comida boa, arte, cultura, fé e a certeza de que amo Minas Gerais. E Tiradentes é uma cidade encantadora. Só vai!!!

 

Foto: Casarão antigo localizado na cidade de Tiradentes

 

Gostou do que leu? Conta pra gente nos comentários se você já conhece ou planeja conhecer Tiradentes.

 

Leia também -  Tiradentes: Um destino para os amantes da Cozinha Mineira

Sobre o Autor

Camila de Figueiredo Pimenta

Mineira apaixonada por Minas. Amo viajar e descobrir novas culturas e outras naturezas. Me interesso muito por turismo e patrimônio cultural.

Comentários