Turismo em Minas Gerais | Muito mais que biscoito - 5 razões para conhecer São Tiago

Foto por: Marcus Santiago
Atualizado em: 10/02/2022

Muito mais que biscoito - 5 razões para conhecer São Tiago

 

Descubra os principais encantos e experiências desta terra nas Vertentes Mineira.

 

São Tiago, famosa pela Festa do “Café-com-Biscoito”, é uma simpática cidadezinha com pouco mais de 11 mil habitantes. A cerca de 200 km da capital, Belo Horizonte, está a aproximadamente 50 km das cidades históricas São João del-Rei e Tiradentes, no sudeste de Minas.

Na rota da Estrada Real, do Caminhos de São Tiago e do Queijo Terroir, seus moradores cultivam uma hospitalidade ímpar desde a época dos tropeiros. O tempo transcorre devagar, enquanto conversas calorosas se estendem num banco da praça ao entardecer.

Confira agora porque São Tiago precisa entrar no seu roteiro de viagem:

 

1. Pratique o turismo rural

 

Para quem busca a paz e a simplicidade do meio rural, São Tiago é a escolha certa!

Com mais de 2 mil propriedades rurais, na agropecuária o município se destaca pela produção leiteira e de grãos. Principalmente as crianças, vão adorar o contato com os animais, seja ao tirar o leite das vacas, seja ao alimentar galinhas e porcos.

 

Foto: Turistas colhem e experimentam maçãs.

 

Passeie por entre os lindos pomares e colha frutas fresquinhas. Inclusive, na primeira plantação comercial de maçãs de Minas Gerais, um cenário que lembra os contos de fadas. Ou realize o “Tratour”, uma volta na carretinha puxada por um trator repleta de aprendizados nos cafezais.

Já os espíritos aventureiros, podem caminhar, pedalar e cavalgar por entre as belas árvores e montanhas típicas da transição entre a mata atlântica e o cerrado. E os pescadores esportivos encontram lambari, tilápia, tucunaré, traíra e outras espécies nos rios e tanques da região.

Quando o sol se põe, as pessoas são recepcionadas ao redor da fogueira, com uma boa moda de viola, prosas descontraídas e farta comida mineira.

 

2. Vivencie a fé de origem espanhola

 

A religiosidade transborda em São Tiago, cidade que leva o nome de seu padroeiro. Segundo conta a tradição, os primeiros fundadores do arraial eram bandeirantes espanhóis, que trouxeram consigo uma imagem do santo.

Todo ano, em 25 de julho, celebra-se a festa de São Tiago Maior, quando acontece o emocionante rito de devoção "Imposição do Chapéu". Fiéis formam filas para ganhar a bênção com o chapéu do padroeiro sobre a própria cabeça.

 

Foto: Rito da imposição do chapéu de São Tiago.

 

Na festividade de 2021, foi lançado o Caminhos de São Tiago, fruto da inspiração no Caminhos de Santiago de Compostela, na Espanha. Um dos maiores roteiros turísticos de Minas Gerais passa por dez cidades e pode ser percorrido a pé, a cavalo, de bicicleta, moto ou automóvel 4x4.

O município tem seis igrejas e algumas ermidas. Em especial, ganha destaque a Ermida Nossa Senhora das Graças ou “Capela do Capão”. A pequena construção branca e azul contrasta com a paisagem verde na região do Capão Grosso. O que acabou por conquistar os corações de ciclistas e caminhantes, que descobriram e espalharam fotos do lugar nas redes sociais, durante a pandemia.

 

Foto: Encantadora Ermida Nossa Senhora das Graças.

 

3. Hospede-se em cenários aconchegantes e muito instagramáveis

 

Os meios de hospedagem são atraentes e você escolhe aquele que melhor se adequa a seu gosto e bolso.

Desde opções práticas, para quem está em uma viagem de negócios ou em home office, até noites românticas para casais apaixonados. E, é claro, diversão garantida para toda a família com piscinas e jardins.

 

Foto: Encantador pôr do sol à beira da piscina.

 

Também é possível relaxar entre as flores e perfumes de cafezais, assim como curtir a calmaria próximo da exuberante flora e fauna local (com trilhas de fácil acesso). Ou ainda, embarcar num passeio aos séculos 19 e 20 nas imponentes fazendas históricas da região.

Além disso, os simpáticos proprietários indicam atividades de lazer pela cidade e seus arredores.

 

4. Experimente a nossa cozinha mineira

 

Os são-tiaguenses mantém a essência da mineiridade em cada ingrediente selecionado. Muitos pratos são feitos conforme a tradição, em panelas de ferro e fogão a lenha, que garantem um sabor irresistível às comidas.

Nos charmosos restaurantes e bares da cidade, prove “tutu tonto”, frango com ora-pro-nóbis ou quiabo, filé de tilápia, angu com couve, torresminho feito na cachaça, bife à rolê, feijão tropeiro, feijoada, galopé e muito mais.... É gostosura que não tem fim!

 

Foto: Fogão a lenha com farta comida mineira (linguiça, couve, torresmo e salada).

 

A sobremesa fica por conta de variados queijos, iogurtes com polpa da fruta, geleias especiais (real, morango, maçã com pimenta, etc.), mel, doces de leite, goiaba, figo, entre outros.

Enquanto os amantes da cachaça artesanal degustam de produtos direto do alambique ou iguarias nos bares ao embalo de MPB e Blues.

 

5. Conheça as festividades, história e cultura local

 

Sem dúvidas, a Festa do “Café-com-Biscoito” é uma atração imperdível! Patrimônio Cultural Imaterial reconhecido pelo IEPHA, acontece sempre no segundo final de semana de setembro, em meio à fascinante florada dos ipês.

A acolhedora Praça da Matriz fica repleta de barracas de biscoitos, artesanatos e produtos da agroindústria, que podem ser degustados gratuitamente. Além de oferecer shows e atrações/atividades artísticas para todas as idades, um verdadeiro festival de cores, aromas e sabores.

 

Foto: Folia de Reis na comunidade rural São Pedro da Carapuça.

 

Os laços com a ruralidade são exaltados durante o Encontro de Carros de Boi e na Festa do Produtor Rural, quando há exposição e desfile de animais regados a shows sertanejos.

Mas os amantes de Rock and roll também se sentem acolhidos em nossos eventos e apresentações musicais, como é o caso de festivais de rock em propriedades rurais particulares e o Encontro Nacional de Motociclistas, festa que já teve duas edições e reuniu motociclistas das regiões sudeste e sul em São Tiago.

E as celebrações religiosas se destacam tanto na cidade quanto nas comunidades rurais, quando acontecem missas e novenas seguidas de leilões e cantorias. A Folia de Reis alegra a todos pelas roupas e músicas animadas, em especial, no distrito de Mercês de Água Limpa. As procissões e figurados da Semana Santa trazem grande reflexão. E os tapetes de Corpus Christi colorem e enfeitam as ruas.

Ao visitar São Tiago, o Memorial Santiaguense é parada obrigatória. Lá estão preservadas quase 500 peças de valor histórico, artístico e cultural para o município.

Assim como a passagem pelo Espaço Forno na Praça, o rústico receptivo turístico incrustado no coração da cidade. A arquitetura colonial, o cafezinho e as quitandas direto do forno de barro propõem uma vivência sensorial inesquecível.

 

Bônus: Coloque a mão na massa e descubra o modo tradicional de produzir biscoitos no forno de barro.

 

Depois desses encantos serem revelados, é hora de explorar as estrelas são-tiaguenses, sim, os biscoitos e o café, nossas especialidades da cozinha mineira. No ano passado, o município se tornou oficialmente a Capital Estadual do Café com Biscoito, um marco importante para a identidade local.

Desde o século 18, as famílias que se estabeleceram no antigo arraial recebiam os tropeiros, rumo ao norte do estado e a Goiás, com mesas fartas de café e quitandas deliciosas como biscoitos de fubá e polvilho.

As receitas passadas de geração para geração, continuaram a ser oferecidas aos viajantes ao longo dos séculos e servidas em eventos religiosos e/ou sociais como batizados, casamentos, funerais e outras festas.

 

Foto: Criança produzindo o seu próprio biscoito.

 

O costume se fundiu ao desenvolvimento da cidade, que aproveitou a sabedoria para diversificar a economia local e gerar empregos. Na década de 90, as chamadas “padarias”, muitas de fundo de quintal, distribuíam os biscoitos inigualáveis regionalmente e para a capital. Hoje, a produção das quase 80 fábricas, que ainda mantêm traços artesanais, já chega em todo o país.

Então, saiba que em algumas dessas fábricas e em certos eventos no Espaço Forno na Praça, os turistas são convidados para colocar a mão na massa e aprender as preciosas e irresistíveis receitas de biscoitos e quitandas são-tiaguenses, sob orientação de experientes e gentis quitandeiras.

Enquanto que os produtores de café, oferecem cafés saborosos, especiais e até premiados em concursos. Assim como workshops sobre a bebida, que desvendam cada peculiaridade que o fruto carrega desde a sua origem.

 

Saiba mais sobre essas e outras informações no site Descubra São Tiago!

Sobre o Autor

Ana Luiza Vieira

Curiosa estudante de jornalismo. Mineirinha da terra do biscoito. Amante dos livros e dos vinhos. Apaixonada por histórias e tradições.

Comentários