Turismo em Minas Gerais | Guia completo do Mar de Minas

Foto por: Acervo Secult - Gláucia Oliveira
Atualizado em: 17/03/2022

Guia completo do Mar de Minas

 

Mar de Minas é a forma carinhosa que nós mineiros chamamos a imensidão do Lago de Furnas, o maior lago em extensão de Minas e no ranking dos maiores lagos artificiais do mundo. 

 

Minas tem mar e a gente pode provar.

O Mar de Minas, como carinhosamente é conhecido o Lago de Furnas, é um lago artificial criado na década de 1960 para gerar energia à hidrelétrica de Furnas.  Mas não se trata de um simples lago, se fosse não haveria razão de ser conhecido como Mar de Minas.

É uma imensidão de águas e experiências incríveis, com paisagens espetaculares, muitas trilhas, cachoeiras, cânions e aventuras, que formam uma das regiões mais bonitas e desejadas pelos turistas em terras mineiras. 

 

Planejando uma viagem?

Se você está aqui é porque certamente está sonhando, muito em breve, dar um pulinho nessa região turística incrível de Minas Gerais, acertei?  Quer saber se a região do Mar de Minas tem potencial pra ser seu próximo destino? 

1. Você é da turma que não dispensa um biquíni ou sunga na mala na hora de escolher seu próximo destino?

2. Gosta de ter contato com a natureza?

3. Já curtiu alguma foto de alguém no mirante dos cânions de Furnas e ficou se imaginando ali?

Se respondeu sim a qualquer uma das perguntas, já pode começar a escolher as cidades!

 

A região banhada pelo Lago de Furnas

Com 1.440 km² de extensão, a região do Lago de Furnas banha 31 cidades mineiras (ANEEL). Mas hoje a gente vai dar destaque a 4 cidades dessa região, o que garantimos que já rende programação pra todos os gostos e ânimos.Confere aí. 

 

 

 

Distâncias até o principal destino da região: Capitólio

Ir de carro é a melhor opção pra facilitar seu deslocamento até as atrações da cidade. Confere aí as distâncias médias de algumas capitais:

Belo Horizonte – 285 km (trajeto com pedágios)

Brasília – 740 km (trajeto com pedágios)

Rio de Janeiro – 637 km (trajeto com pedágios)

São Paulo – 440 km (trajeto com pedágios)

Se for de ônibus, seu destino é a rodoviária de Capitólio, no centro da cidade mesmo. Atente-se que, para realizar os passeios, você precisará contratar algum receptivo local ou mesmo um motorista.  

 

Aeroportos mais próximos

Se você vai para a região de Furnas partindo de fora de Minas, os aeroportos com vôos comerciais mais próximos estão em Ribeirão Preto (SP) – 238 km e em Belo Horizonte – 319 km. O restante do caminho pode ser feito por meio de aluguel de carro ou, ainda, de ônibus. 

Mas não se preocupe, cada km percorrido é recompensado ao chegar à região. 

 

Onde ficar

A região de Furnas tem muitas e boas opções de hospedagem, que vão desde pousadas, hotéis e casas de aluguel por temporada. 

Nossa dica pra aproveitar esses destinos incríveis é se hospedar mais próximo às atrações que buscam do que dos centros das cidades pro dia render muito mais.   

 

Conhecendo Capitólio

Capitólio é sem dúvida o destino queridinho da região do Lago de Furnas. Também não é pra menos, é cada click nas redes sociais nos cenários dessa cidade que fazem o queixo cair.  

Uma curiosidade é que a cidade abriga a maior marina de água doce da América Latina. Interessante, né?

 

O que fazer

 

Em Capitólio dá pra fazer de tudo um pouco, por terra, água e até mesmo no ar: passeios náuticos, tomar banho em muitas cachoeiras, fazer trilhas, contemplar as paisagens e, aos mais animados, canyonismo, mergulho, vôo de balão, tirolesa.... A programação pode ser extensa e vai depender do seu ânimo e tempo.

 

Fotos: Turistas aproveitando um delicioso passeio naútico em Capitólio.

 

A exuberância da região pede um bom passeio náutico. Os cânions são maravilhosos, apreciá-los no meio do lago é uma experiência incrível.   

 

Foto: Turista no maravilhoso Mirante dos Cânions.

 

A visão dos cânions lá de cima faz os barcos e lanchas parecerem minúsculos. A visita a um dos vários mirantes não pode faltar no seu roteiro. 
Quando é pra falar de cachoeiras, fica difícil escolher, são muitas opções, cada uma mais incrível que a outra.

 

Foto: Refrescante piscina natural na Cachoeira da Capivara.

 

Na Cachoeira da Capivara  a atração maior são as piscinas naturais que se formam ao longo de  suas quedas. O que também acontece na Cachoeira Cascatinha, que tem um complexo de 9 piscinas naturais, que variam entre rasas e fundas. Tarefa bem difícil é visitar essas cachoeiras, viu. Não que o caminho seja complicado, não dá é vontade de sair dessas piscinas mais.

 

Foto: Turista nas águas cristalinas do Poço Dourado.

 

Cachoeira do Grito e a Cachoeira do Poço Dourado podem ser visitadas no mesmo passeio, ficam dentro de um parque de trilhas.

Entre as mais visitadas ainda tem a  Cachoeira Fecho da Serra, a Cachoeira Diquadinha, Cachoeira do Lobo, Cachoeira do Sabiá, Cachoeira Fecho da Serra, Cachoeira da Capivara , Cachoeira do Grotão...a lista é imensa, mas essas que citamos são boas dicas.

O rolê ideal para juntar os amigos e se aventurar por esse paraíso é uma aventura de quadriciclo. Os passeios duram em média 1 hora, e possuem nível de dificuldade médio. Você com certeza vai sair desse passeio com fotos e memórias incrível. 

 

Foto: Aventura de quadriciclo.

 

Mais uma experiência que vai adicionar muito em sua viagem é o voo de balão por Capitólio. É uma aventura que vai além das águas dos cânions e das cachoeiras, passando a explorar os ares do local. Os balões colorem o céu da cidade, e para quem está lá em cima as pessoas viram formiguinhas.  

A oportunidade de vivenciar essa aventura do balonismo está presente em alguns atrativos específicos, como Cachoeira Fecho da Serra, e Cachoeira da Capivara. 

Se você não tem medo de altura e topou o passeio de balão, temos outra dica para você! A maior tirolesa de Minas Gerais está em Capitólio, é 1 km de extensão recheado de adrenalina. Localizada no Complexo Turístico Cachoeiras da Sossegada, a tirolesa vai te deixar com aquele frio na barriga e com um sentimento de liberdade sem igual. 

Ainda aproveitando os ares de Capitólio a aventura de asa delta é imperdível, essa experiência tem que entrar no seu roteiro para somar memórias ímpares e magníficas. 

 

Foto: Pouso de asa delta no Mar de Minas.

 

Como o lago de Furnas é o nosso grande mar, a oportunidade da prática de mergulho nas águas do lago é uma oportunidade e tanto. A atividade subaquática é realizada com o acompanhamento de um guia, e você vai se maravilhar com a quantidade de peixes, formações rochosas e ruínas. 

Confira esse vídeo que faz a vontade só aumentar e já dá pra sentir o ventinho de Capitólio batendo! 

 

 

 

Conhecendo São João Batista do Glória

São João Batista do Glória está bem na divisa entre a região de Furnas e a Serra da Canastra. A cidade que também é conhecida como Glória oferece paisagens paradisíacas , trilhas off road, passeios de barcos e muitas cachoeiras. A natureza da região é bastante preservada.

 

O que fazer

 

A Pedreira Lagoa Azul é imperdível se você tem um pouco mais de tempo e disponibilidade para conhecer os pontos turísticos mais afastados. Pra esse passeio é recomendável o aluguel de um 4x4. 

 

Foto: Água cristalina da magnífica Pedreira Lagoa Azul.

 

Pra quem gosta de áreas naturais e cachoeiras, a cidade oferece boas opções de complexos de atrativos, que somam natureza preservada, trilhas, muitas cachoeiras com piscinas naturais de águas cristalinas

Outro complexo é o Vale das Cachoeiras, com 4 cachoeiras e piscinas naturais, sendo elas Cachoeira São Miguel, Cachoeira Presente de Deus, Cachoeira da SantinhaCachoeira dos Anjos. E no Glória ainda temos a Fazenda Vitória, com um complexo de 13 cachoeiras, é o local ideal e completo para sua viagem. 

 

Foto: Aproveitando a tarde no delicioso complexo Fazenda Vitória.

 

Um lugar tão maravilhoso quanto os já citados é o Paraíso Perdido, como o próprio nome já anuncia. Um recanto paradisíaco repleto de cachoeiras e piscinas naturais. 

 

Foto: Relaxando nas deliciosas águas do Paraiso Perdido.

 

Um destaque quando o assunto é cachoeira é a Cachoeira do Quilombo um lugar mais tranquilo para passar a tarde e aproveitar a água deliciosa e a beleza do lugar. Em alguns trechos o trajeto é mais difícil então indicamos a ida em um carro 4x4. 

 

Foto: Grande Cachoeira do Quilombo.

 

As cachoeiras Cachoeira Maria Augusta, Cachoeira do Filó e Cachoeira Garrida são mais opções para relaxar e curtir um local mais tranquilo, essas cachoeiras vão te surpreender. 

Já a Cachoeira do Barulho possui um curso de água menor, além de apreciar uma vista maravilhosa do Vale dos Canteiros, você pode praticar rapel no local, com todos os equipamentos de segurança.  

Já deu pra perceber que São João Batista do Glória é uma cidade repleta de cachoeiras né? Isso por que citamos apenas algumas, aproveite o passeio delicioso na cidade e descubra muito mais. 

 

Conhecendo São José da Barra 

Outra cidade próxima ao grande lago de Furnas é São José da Barra, sendo uma excelente opção de estadia e com atrações maravilhosas.  

 

O que fazer 

 

A pequena cidade é a sede da Usina Hidrelétrica de Furnas, e você pode aproveitar para conhecer o Mirante da Barragem, e vislumbrar a beleza e imensidão da represa. 

Em São José da Barra você também aprecia os cânions da hidrelétrica, com um delicioso passeio de lancha. Dentre as opções, o Vale dos Tucanos é o mais encantador, as águas esverdeadas do local deixam todos apaixonados. 

No meio do Mar de Minas, entre São José da Barra e Capitólio existe uma ilha, com opções perfeitas para relaxar, aproveitar um bom drink no restaurante, experimentar a maravilhosa culinária mineira e ainda curtir uma volta na roda gigante. 

Assim como em Capitólio, em São José da Barra há a oportunidade de subir bem alto para uma aventura de asa delta e apreciar todo esse mar azul lá de cima. Só de ver as fotos já dá um friozinho na barriga! 

 

Foto: Aventura de asa delta sobre o Lago de Furnas.

 

Tem passeio de lancha, tem passeio no céu, mas também tem passeio dentro da água! Os mergulhadores profissionais podem se aventurar em um mergulho na cidade submersa Barra Velha.  

Para a segurança de todos o turista precisa possuir habilitação para mergulhador profissional, pois em alguns pontos a cidade encontra-se a 20 metros de profundidade. 

Aproveite para conhecer a história das cidades que foram inundadas para a construção da hidrelética de Furnas:

 

 

 

Conhecendo Pimenta

Foto: Cachoeira em Santo Hilário, Pimenta.

 

Pimenta é uma excelente opção para usufruir o Lago de Furnas pra quem busca sossego. Oferece passeios de barco, locais para a prática de pesca e trilhas que levam a dezenas de lindas cachoeiras.

 

O que fazer

 

Foto: Santo Hilário, Pimenta.

 

As ruínas de um antigo hotel abandonado funcionam como um excelente mirante de Santo Hilário, em Pimenta. Desse ponto é possível fazer fotos incríveis como Lago de Furnas ao fundo. 

Pimenta também tem muitas cachoeiras. A Cachoeira do Lageado é um de seus principais atrativos.

Pra quem curte explorar opções em ambientes mais naturais e com um nível de dificuldade maior, pode se aventurar na Cachoeira das Andorinhas

Mais uma cachoeira de destaque, dessa vez no distrito Santo Hilário, é a Cachoeira Chapadão. Apesar do acesso com nível de dificuldade maior, a cachoeira com 80m de queda é muito relaxante. O distrito de Santo Hilário é repleto de cachoeiras para aproveitar o dia sem grandes tumultos, é um excelente refúgio. 

Uma curiosidade sobre Pimenta é que a cidade já foi cenário de Festival de Voo Livre. Na Rampa do Cruzeiro você tem a oportunidade de vivenciar um voo de parapente, se sentindo livre em meio a vastidão das serras que emolduram a cidade. 

 

Fique atento a essas dicas:

✔ Com tantas opções de pontos turísticos na região, separe um feriadão para ter pelo menos 3 dias inteiros para explorar ao máximo o destino.
✔ Escolha as atrações considerando o nível de dificuldade de acesso, seu tempo e orçamento disponível, já que as atrações são pagas.
✔  Muitas das atrações têm horário de funcionamento entre 8h e 17h, programe-se.
✔   Sempre consulte a previsão climática antes de visitar áreas de rios e cachoeiras para evitar o risco de trombas d’água.
✔  Respeite as medidas sanitárias para combater à pandemia do coronavírus. Fique atento ao número de casos na região no Minas Consciente e ao protocolo de reabertura dos destinos turísticos mineiros nos sites das prefeituras da região.

Leia mais sobre o que conhecer em Minas clicando aqui.

 

*** Atenção: Fique atento à suspensão temporária da visitação aos Cânions (Capitólio) e Cachoeira da Capivara (Capitólio), ao limite de visitação no Vale dos Tucanos e Cânions da Hidrelétrica (São José da Barra), além da proibição do banho de cachoeira na Cascatinha (São João Batista do Glória). Informe-se com antecedência sobre outros passeios disponíveis na região (Atualizado em: 17/03/2022). 

Sobre o Autor

Júnia Gontijo Cândido

Turismóloga, apaixonada pela vida ao ar livre, dogs, livros, séries e rock'n'roll. Atua na Diretoria de Promoção e Marketing Turístico/Secult MG.

Breno Montserrat

Turismólogo em formação e analista de marketing turístico. Apaixonado por música, livro, pizza e um bom café. Mineiro do interior, noveleiro, filho do verão.

Comentários