Turismo em Minas Gerais | Paella Mineira

Paella Mineira

Foto por: Chef Fredy Vieira
Atualizado em: 02/03/2021

Gosto de Minas: Paella Mineira

Aprenda aqui a receita mineira da paella, essa delícia reconhecida mundialmente.

A paella é uma receita típica da cozinha espanhola, e surgiu como alimento para os camponeses da região de Valencia por volta do século 15.  

Os camponeses da época saíam para o trabalho levando arroz, óleo de oliva e sal e uma panela redonda com duas alças, chamada Paella, que tinha o formato perfeito para auxiliar no cozimento dos itens e na mistura com o arroz.  

Como a origem da paella está ligada diretamente ao campo, era comum incrementar o prato com itens típicos das lavouras da região: carne de caça, legumes, verduras e até mesmo flores, sem esquecer do açafrão que além do gosto, proporciona a cor amarelada ao prato.  

Paella Made In Minas 

Uma das grandes maravilhas da cozinha mineira é a capacidade de combinar itens e sabores para propiciar uma experiência gastronômica que seja genuína e, com a paella, não seria diferente.  

Unindo o modo de preparo espanhol, e ingredientes tipicamente mineiros como milho, torresmo e cachaça, a nossa paella é um prato versátil e saboroso, uma ótima pedida pros domingos em família! 

A criação da paella mineira está atribuída ao Chef Eduardo Maya, mas com certeza a receita se espalhou pelo estado e ganhou ingredientes e toques especiais nas diversas regiões de Minas.  

Hoje, convidamos o Chef Fredy Vieira para apresentar a sua versão da paella, um sucesso com gostinho de Minas Gerais! 

Paella Mineira 

(100 porções)

• 1 kg de Linguiça de lombo ou pernil fina; 

• 1 kg de Lombo de porco (cabeça de lombo); 

• 2 kg bacon em cubos 

• 1,5 kg de torresmo pré-frito (somente a pele, tem na feijoada de minas – mercado central) este rende mais que os outros; 

• 1 kg de Linguiça defumada ou calabresa; 

• 2 kg de Costela de porco cortada a passarinho em 3 a 4 cm³; 

• 1 kg de Carne de sol dessalgada (chã de dentro, alcatra ou patinho); 

• 500 g de Pimentões verdes; 

• 500 g de Pimentões vermelhos; 

•  500 g de Pimentões amarelos; 

•  500 g de ervilha Torta fresca e bem verde; 

•  500 g de vagem fina, fresca e verde; 

• 5 mç de salsa; 

• 2 mç de cebolinha de cheiro; 

• 2 mç de coentro fresco; 

• 1 litro de azeite de oliva (extra virgem); 

• 1 kg de cebolas médias; 

• 200 g de alho picado; 

• Quanto baste páprica picante 

• Quanto baste de açafrão 

• 100 g de açafrão da terra (cúrcuma); 

• 200 g de sal; 

• 5 kg de arroz parbolizado; 

• 300 g de caldo de frango; 

• 200 g de cenoura vermelha; 

• 1 und alho poró pequeno; 

• 5 espigas de milho 

• 1 dúzia de ovos caipira 

• 1 mç de alecrim fresco; 

• 5 pimentas dedo de moça; 

• 1 kg de quiabo fino e verde; 

• 4 mç de couve manteiga fresca; 

• 2 l de vinho branco 

• 1 l de cachaça da roça 

 

Modo de Preparo 

 

  1. Em uma paellera grande comece refogando as carnes; 

  1. Junte a cebola, alho e os pimentões; 

  1. Em uma panela a parte, faça um fundo com cenoura, caldo de frango, alho poró, açafrão, cúrcuma, páprica, deixe ferver e reserve (mais ou menos 3 litros) 

  1. Após refogar as carnes, flambe com a cachaça; 

  1. Após flambadas as carnes, coloque o arroz por cima, em cruz, hidrate com o vinho, e com o caldo que está reservado; 

  1. Abaixe o fogo, coloque imersos os quiabos, ervilha torta e vagem para cozinhar no próprio caldo da paella; 

  1. Tampe a panela com papel alumínio e deixe cozinhar por 30 min em fogo baixo; 

  1. Após 30 min, abra, verifique o cozimento, caso necessário corrija sal e pimenta, complete o caldo para terminar de cozinhar, e decore com o milho verde cozido, ovos cozidos fatiados, couve fresca cortada, cheiro verde, tomates e pimentões. 

E aí, gostou da receita? Diz pra gente qual ingrediente da cozinha mineira não pode faltar na sua paella!

Sobre o Autor

Luís Carneiro

Mineiro dos pés à cabeça. Marketólogo. Turismólogo em formação. Estagiário da SECULT-MG que ama ver, ouvir e escrever sobre as belezuras desse Brasil

Comentários