Turismo em Minas Gerais | Galinhada

Foto por: Viviane L. /Matula Min. Comidas de Viagem
Atualizado em: 27/11/2020

Galinhada

Não é segredo para ninguém que as galinhas e frangos estão entre os produtos mais comuns na cozinha mineira e as diversas formas de preparo são prova disso. 
Frita, cozida ou assada a galinha está sempre presente na gastronomia mineira.
Um dos pratos famosos e característico é a nossa receita do dia: a Galinhada!

Não se pode precisar exatamente o ano de criação da galinhada, mas relatos contam que a comida nasceu na época das explorações em busca de riquezas naturais, principalmente nos estados de Minas, São Paulo e Goiás. 

Os bandeirantes portugueses que desbravaram esses territórios em busca principalmente de ouro tinham o costume de levar galinhas como parte da comitiva. 

E um fato engraçado é que o número de aves sempre aumentava no decorrer da viagem porque eles iam comprando galinhas pelo caminho, nos sítios onde passavam. Há historiadores que contam, inclusive, que nem todas as galinhas eram de fato compradas, se é que me entendem, mas por falta de provas vamos deixar como está!

 

 Garantia de Sustância

A galinhada, que também é a palavra usada para definir o coletivo de galinha, era um prato simples de se fazer, e como é feita a base de galinha, arroz e legumes, garantia bastante sustância para as explorações. 

Ao longo dos tempos, novos temperos e formas de se fazer foram sendo incrementadas, mas a base do prato continua a mesma e a gente garante que mesmo que as jornadas sejam menores que as dos bandeirantes, a galinhada continua sendo uma ótima fonte de energia. 

Com certeza, saborear uma boa galinhada é também, homenagear a história da cozinha mineira e é por isso que hoje trouxemos uma receita da típica galinhada mineira. 
Apresentada pela Regina Ribeiro é uma ótima pedida para os almoços de família. Vai fazer um sucesso, pode apostar! 

 

 Galinhada Caipira/mineira

 Ingredientes:

1 galinha caipira cortada em pedaços médios 
4 copos de arroz branco
3 cebolas médias cortadas em cubos
1 colher de sobremesa de açafrão da terra(nivelada)
100 ml de óleo
4 dentes de alho triturados 
4 espigas de milho verde cortadas/(debulhadas )
1 maço de cheiro verde (salsa e cebolinha)
Pimenta de bode a gosto 
Pimenta do Reino 
Água quanto baste  (q.b)

 

 Modo de Preparo:

Cortar a galinha caipira nas juntas e depois em pedaços menores. 
Temperar com sal , alho triturados, pimenta de bode e pimenta do reino  reservar.
Em uma panela , aquecer o óleo e dourar as cebolas, acrescentar a galinha já temperada e fritar até que os pedaços estejam dourados e macios se necessário pode pingar água. Colocar o açafrão e misturar bem acrescentar o arroz e  o milho cortados e continuar revogando. 
Colocar água até cobrir o arroz, cozinhar em fogo médio. Ir pingando água aos poucos se necessário  vai depender do cozimento da galinha.Acertar o sal se precisar e manter tampado até completar o cozimento não e necessário ficar mexendo.Finalizar com o cheiro verde picadinho no final do cozimento
Retirar do fogo e servir com tutu mineiro e vinagrete.

Obs: Essa galinhada não gruda o arroz e nem fica oleosa.

Anotou tudo? Agora conta pra gente aqui nos comentários qual toque especial ou ingrediente não pode faltar na sua galinhada.  

Sobre o Autor

Ane Lopes

Autora do seu próprio destino.Vive intensamente os desafios e multiplicidade de papéis da mulher moderna.Compartilha suas experiências de mineira e turismóloga.

Luís Carneiro

Mineiro dos pés à cabeça. Marketólogo. Turismólogo em formação. Estagiário da SECULT-MG que ama ver, ouvir e escrever sobre as belezuras desse Brasil

Comentários