Turismo em Minas Gerais | Gosto de Minas: Farofa Mineira para o Natal

Foto por: Foto: Cozinha da Rici
Atualizado em: 17/12/2021

Gosto de Minas: Farofa Mineira para o Natal

Uma farofa com toques mineiros para encantar a família nas festas de fim de ano!


A confraternização em família é com certeza uma das coisas mais importantes dos momentos festivos de final de ano. E em um momento como esse nada melhor do que uma receitinha fácil, simples e saborosa. Para dar um toque mineiro à ceia de natal, trazemos hoje uma deliciosa farofa


A grande questão do natal 


“Com ou sem passas?” Com certeza essa é uma das grandes questões gastronômicas do natal.  A verdade é que o uso da polêmica frutinha divide opiniões e depende muito do paladar de quem experimenta, né?

Na receita do dia (que leva uva passas) o ingrediente dá um toque especial, e somado aos outros ingredientes confere um sabor único e bastante característico das festas de fim de ano, mas de onde veio o costume de usar a uva passa nas receitas?  

A origem das uvas passas vem da cozinha mediterrânea.  Na Roma Antiga, antes do cristianismo, os romanos festejavam o Natalis Solis Invicti, uma celebração que marcava o solstício do inverno, ou seja, o início da estação no hemisfério norte. Então os europeus passaram a guardar sementes e a secar frutas por causa do período de baixas temperaturas.


Origem Indígena


Que ela já é um prato garantido nas festas e confraternizações do final de ano, não é novidade para ninguém, mas você sabe a origem da farofa? A farofa surgiu antes da colonização portuguesa, com os índios tupis-guaranis

De acordo com historiadores gastronômicos, os Índios necessitavam de um alimento nutritivo e que pudesse sustentar e matar a fome para que pudessem caçar e exercer todas as atividades diárias.

Uma das lendas a respeito da origem da farofa  é de que os índios colocaram farinha de mandioca no casco de uma tartaruga e toda a gordura presente na casca do animal se juntou a farinha, assim dando liga ao ingrediente. Com a colonização houve uma mistura de carnes e temperos na até então mistura de farinha com gordura o que resultou na farofa que conhecemos hoje.


Toques Mineiros


O passar dos anos conferiu a farofa status de queridinha do Brasil, e claro, nas diversas regiões do país, existem inúmeras formas de se preparar, novos e conhecidos ingredientes adicionados, e até a tradicional farinha de mandioca é substituída por outras farinha, o importante é que essa delícia tem lugar no nosso coração e no nosso natal

A receita de hoje veio de Itaguara, município que fica a 95 km de Beagá, e que orgulha-se de, mesmo tão próximo à capital, manter vivas tradições da cozinha mineira raiz. A receita do dia é um típico prato mineiro, simples, farta, saborosa e com sustância, Do jeito que a gente gosta!

Aproveita e anota as dicas, compra os ingredientes e deixe a sua ceia ainda mais especial. 


Farofa

Ingredientes

500 gramas de farinha de Mandioca
250 gramas de Bacon
250 gramas de linguiçinha 
500 gramas de lombo de porco
2 cenouras grandes pitadinha
200 gramas de uvas passas
2 cebolas raladas
6 0vos caipira

Modo de fazer 


1. Frite o Bacon, a linguiçinha e o lombo separados
2. Coloque em uma panela. 
3. Adicione os ovos ,deixe fritar bem bem os ovos. 
5. Coloque a cenoura já cozida. 
6. Misture a farinha de Mandioca e por último as uvas passas

E aí, gostou da receita? Confira aqui uma ótima opçao bem mineira para as festas de fim de ano, um delicioso leitão a pururuca!

Sobre o Autor

Luís Carneiro

Mineiro dos pés à cabeça. Marketólogo. Turismólogo em formação, que ama ver, ouvir e escrever sobre as belezuras desse Brasil.

Gabriel Oliveira

Futuro Turismólogo. Agente cultural capacitado pela UFC. Estagiário pela SECULT-MG. Mineiro, amante de uma boa prosa. Viajo dentro de mim e dentro de Minas

Comentários